Blog

Pão francês: vilão ou mocinho das dietas?

img_blog_02

Nos últimos tempos, o pão francês se popularizou como vilão das pessoas que buscam perder peso por serem feitos de trigo e conterem glúten. Ele foi substituído por sua versão integral e até por outras opções mais diferentes, como a tapioca. Mas ele é realmente este inimigo que as pessoas costumam dizer que é?

Na verdade, ele não é tão ruim assim. A tapioca, por exemplo, é ótima para pessoas que são celíacas e não podem ingerir glúten, mas ela não contém nenhum tipo de fibra ou proteína. Entre ela e o pão francês tradicional, principalmente se o miolo for retirado, o pão francês acaba ganhando por conta de sua quantidade de fibras.

Ele também não é tão diferente do pão integral: ambos contam com quase a mesma quantidade de calorias, só que o pão integral é mais rico em fibras e nutrientes e, por isso, é mais saudável.

Fica claro, então, que o importante é sempre o equilíbrio: não é produtivo se proibir de comer certos alimentos, pois o correto e saber balanceá-los com outras opções saudáveis para que o seu corpo esteja sempre recebendo os nutrientes que você precisa. O pão francês não vai atrasar em nada a sua vida, desde que seja consumido em moderação. ;-)